Quando acionar o seguro DPVAT após um acidente?

O Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT), é o seguro que garanti que vítimas de acidentes de trânsitos sejam reembolsadas ou recebam indenizações em casos de morte ou invalidez.

Este é um seguro que você paga todos os anos obrigatoriamente junto com o IPVA do seu veículo, deste modo você não deve abrir mão dele caso você seja vítima de um acidente.

O que acontece é que muitas pessoas por desconhecerem ou até mesmo por considerarem muita burocracia, acabam não solicitando o seguro e perdendo um privilégio que é direito delas.

Caso você não tenha veículo, mas foi vítima de um atropelamento, você também tem direito a receber o seguro DPVAT.

Deste modo, preparamos este texto explicativo para mostrar para você quando e como acionar este seguro após um acidente.

Quando acionar o seguro DPVAT

O seguro DPVAT cobre três circunstâncias em caso de um acidente: morte; invalidez total, parcial ou permanente e despesas médicas decorrente do acidente.

Qualquer pessoa que tenha sido vítima de um acidente envolvendo veículos terrestre tem direito ao seguro, você só não possui direito caso seja comprovado que você foi o causador do acidente.

É importante lembrar que você pode dar entrada no seguro dpvat logo após o acidente ou até três anos após o mesmo. A cobertura do seguro vale para as pessoas envolvidas, direta e indiretamente, bem como a carga em caso de caminhões que transportam cargas, carros com reboques e etc. As vítimas pedestres, como já citamos e passageiros de ônibus também podem dar entrada no seguro.

Em caso de morte, o cônjuge ou filhos da vítima pode dar entrada no pedido de indenização do seguro dpvat. Já no caso de invalidez, a própria vítima pode entrar com o pedido da indenização ou reembolso.

Os valores que o seguro dpvat cobre

Como já vimos o seguro DPVAT cobre três circunstâncias em casos de acidentes: morte, invalidez e reembolso de despesas médicas.

Cada uma dessas três circunstâncias possui valores distintos a serem pagos pela seguradora do DPVAT confira o valor de cada uma delas:

Morte: R$ 13.500,00, por vítima, cônjuges ou filhos podem fazer o pedido do seguro;

Invalidez: 13.500,00 por vítima, varia de acordo como grau da invalidez;

Reembolso por despesas hospitalares valor máximo de até R$ 2.700,00 por vítima.

No caso da invalidez você deve se atentar ao grau que foi causado e exigir que os valores sejam cumpridos de acordo com a intensidade.

O pagamento das indenizações é feito na conta corrente ou poupança da vítima ou de seus beneficiários com prazo de até 30 dias após a apresentação da documentação necessária. enter image description here

Como dar entrada no seguro dpvat

Dar entrada no seguro DPVAT é um procedimento simples, onde você não necessitará da ajuda de terceiros como advogados para a solicitação do mesmo.

Documentos necessários para dar entrada no seguro dpvat

Antes de entrar em contato com o SAC ou no site oficial do seguro DPVAT é necessário ter alguns documentos em mão para que a solicitação seja atendida.

Em caso de morte será preciso já possuir a certidão de óbito da vítima, o boletim de ocorrência do acidente e a prova de que você se trata de um herdeiro ou cônjuge da vítima.

Já nos casos de invalidez também será necessário o boletim de ocorrência do acidente juntamente com o laudo do IML descrevendo e atestando o grau das lesões.

Porém, se você for solicitar o reembolso com despesas médicas será preciso guardar todo e qualquer comprovante dos seus gastos como cupom fiscal, recibo médico juntamente também com o boletim de ocorrência do acidente.

O objetivo do seguro DPVAT é amparar qualquer vítima ou familiar de pessoas que sofrem com acidentes de trânsito. E como citamos, se antes você não possui noção dos seus direitos sobre ser vítima de um acidente de trânsito, você tem até três anos após a data do acidente para entrar com o pedido do seguro, basta você possuir o boletim de ocorrência do acidente e outros documentos necessários mencionados a cima. Fique por dentro dos seus direitos.

Comparando VIVO FIBRA com outras Operadoras. Veja as Vantagens!

O Vivo Fibra é a nova internet Banda Larga da operadora. Ela utiliza a tecnologia da fibra óptica para oferecer uma melhor experiência de conexão para o usuário. No entanto, o lançamento desse novo produto da Vivo ainda gera dúvidas na maioria dos consumidores.

Porém a maior delas é a seguinte: Afinal, a nova Banda Larga da Vivo é melhor do que as demais operadoras do mercado?

Para esclarecer essa e outras dúvidas relacionadas ao tema, ao longo deste post você poderá descobrir o que é e quais são as vantagens desse produto com relação aos oferecidos pelas demais operadoras. Confira:

Vivo Fibra: O que é?

Conforme citado acima, o Vivo Fibra é a mais nova internet Banda Larga da Vivo. Ele foi desenvolvido por meio da utilização de fibra óptica, uma das mais avançadas tecnologias para transmissão de dados que existe no mundo atualmente.

Ele é formada por tubos de vidro extremamente finos e flexíveis, tanto que são comparados com fios de cabelo. Mas o que realmente chama a atenção para essa tecnologia é que ela é capaz de processar dados com uma velocidade semelhante à da luz.

Isso faz com que os usuários possam aproveitar as vantagens de uma internet mais rápida e estável. Sobretudo porque os dados saem da rede central e vão direto para o aparelho utilizado, o que evita qualquer tipo de interferência na internet.

Vantagens do Vivo Fibra: comparação com outras operadoras

O Vivo Fibra representa um avanço no acesso à internet do país. O serviço que usa a tecnologia de ponta da fibra óptica, consegue garantir uma conexão mais veloz, sem interrupções e por um custo-benefício superior às demais operadoras. Mas as vantagens não se limitam apenas a esses aspectos. Confira abaixo o comparativo desse serviço com as demais operadoras e descubra mais benefícios que essa banda larga da Vivo é capaz de oferecer: Alta cobertura Uma das vantagens mais evidentes quando comparamos o serviço do Vivo Fibra com as demais operadoras diz respeito à cobertura. O uso de tecnologia de fibra óptica faz com que a capacidade de transmissão seja muito mais alta, o que também amplia o alcance da cobertura para várias localidades do país; Telefonia Inteligente Outro ponto a ser destacado quanto às vantagens do uso do Vivo com fibra óptica, diz respeito a qualidade dos sinais para realização de ligações telefônicas. De maneira geral, as demais operadoras precisam utilizar cabos de cobre com mais de 6 metros de diâmetro para manter o sinal estável o suficiente para suportar mais de 2 milhões de chamadas telefônicas. A Vivo só precisa de um par de fibras ópticas para obter resultados semelhantes, sem correr o risco de perder a qualidade do sinal; Velocidade da internet A velocidade dessa nova internet banda larga, é muito maior do que aquelas oferecidas pelas operadoras concorrentes, principalmente daqueles que ainda oferecem conexão de internet através de fios de cobre. A prova disso é que a velocidade de apenas 200 MB disponível para download, é suficiente para baixar um jogo de 8GB em cerca de 5 minutos. Também é possível baixar filmes em HD de tamanho máximo de 4GB, em no máximo 3 minutos. Incrível não é? Enquanto isso, as outras operadoras oferecem uma velocidade de 50MB, onde é possível fazer um download de um jogo de 8GB em no máximo 20 minutos. Vivo Fibra tem melhor custo-benefício Apesar dos serviços do Vivo Fibra possuírem um valor mais elevado do que os cobrados pelas demais operadoras, que utilizam cabos de cobre, ele ainda apresenta o melhor custo-benefício do mercado.

enter image description here

Isso se deve às inúmeras vantagens relacionadas a experiência do usuário com uma conexão mais rápida e estável. Com ela, o consumidor não precisa se preocupar com instabilidade no sinal ou perda de download, por exemplo Agora que você conhece todos os detalhes sobre o que é o Vivo Fibra e quais as suas principais vantagens com relação aos serviços oferecidos pelas demais operadoras, não deixe de aproveitar tudo que o uso da tecnologia de fibra óptica pode oferecer. Diante da maneira com que ela vem sendo utilizada e seu excelente desempenho diante das outras provedoras de internet do país, a Vivo Fibra provavelmente irá substituir as formas tradicionais de transmissão de dados.

Speed Test Copel: Motivos para medir a velocidade

Conhecer precisamente a velocidade da sua internet é fundamental. Isso não se dá apenas para que você possa verificar se ela está de acordo com o plano contratado, mas também para corrigir possíveis falhas. Um dos testes que oferece gratuitamente essa possibilidade é o Speed Test Copel.

Conheça a seguir os principais motivos para você também utilizar um dos velocímetros mais utilizados no país e garantir a sua internet na totalidade!

Speed Test Copel: o que é e como usar?

Disponibilizado gratuitamente na internet, o Speed Test Copel é utilizado para verificar a velocidade da conexão da internet. A ferramenta é de fácil utilização e comprova ou não se a atual velocidade da sua internet está de acordo com a franquia contratada junto à empresa responsável.

Utilizando os dados oferecidos pela ferramenta, você pode comprovar, por exemplo, que está pagando por uma velocidade que não é real. Assim, o teste fornece a prova decisiva para a sua reclamação.

A Copel é uma das provedoras de internet de mais destaque no Brasil. Através do Speed Test Copel, a empresa disponibiliza que usuários da internet no mundo todo possam verificar a sua conexão. Isso inclui clientes de qualquer empresa que fornece serviço de internet.

Como melhorar a velocidade da internet?

Há muitos fatores que podem interferir na velocidade da sua internet. Por vezes, você pode verificar com a empresa responsável e ainda realizar o Speed Test Copel, mas descobrir que não há nada errado com a conexão. Por que, então, a velocidade não é como deveria ser?

Considere que a conexão precisa de algumas condições específicas para funcionar 100%. Locais úmidos ou equipamentos antigos, por exemplo, podem ser a causa da lentidão da sua internet.

Confira algumas dicas para melhorar a qualidade e a velocidade da sua conexão além do Speed Test Copel:

Limpe os seus dados de navegação: há muitos cookies temporários que podem estar causando as falhas na sua conexão. A dica é que você faça uma limpeza rotineira para não “pesar” a internet; Mantenha o roteador em local alto e afastado de eletrônicos: a posição do roteador é determinante para a sua internet. Prefira colocá-lo em um ponto alto e sem metais, vidros, paredes ou eletrônicos em volta; Reinicie o modem: ao fazer isso você estará restaurando as configurações iniciais do equipamento. Dessa forma, ele pode voltar a funcionar como antes.

Por medidas de segurança, procure verificar a velocidade da sua conexão rotineiramente. Além disso, caso você perceba uma diferença aparente do normal, também pode recorrer ao Speed Test Copel.

enter image description here

Como Tirar o Título Eleitoral

As eleições 2018 estão chegando e muita gente ainda não procurou o Cartório Eleitoral para tirar o título de eleitor. Se este é o seu caso e se você não sabe nem mesmo por o de começar para tirar o seu título, então este artigo foi feito especialmente para casos como o seu. Para emitir o título de eleitoral na primeira vez, é necessário ter mais de 16 anos e comparecer no cartório eleitoral mais perto da sua casa.

Documentos Necessários para Tirar o Título Eleitoral

Documento de identificação original: são aceitos carteira de identidade (RG), certidão de nascimento, certidão de casamento (quando casado), carteira de trabalho, ou carteiras expedidas por órgãos estabelecidos por leis federais (OAB, CRM, CREA etc).

Comprovante de residência no nome do eleitor : são aceitos contas de luz, água, telefone, gás ou envelopes de correspondência.

Comprovante de quitação do serviço militar quando for o caso. enter image description here

Não podem ser aceitos como documentos de identificação a carteira de habilitação (CNH) ou passaporte, pois não constam os dados de filiação e naturalidade. Importante ressaltar que o eleitor não poderá fazer esse procedimento por procuração, pois a própria pessoa é quem precisa ir, para ser identificada no cartório.

Quem não tiver como comprovar o local de residência em seu próprio nome pode anexar o papel com o nome de um parente próximo e a comprovação do parentesco alegado.

Tirar a segunda via do título de eleitor

Para aqueles casos em que o eleitor já possuía um título e o perdeu, o procedimento é um pouco diferente. Isso porque esse eleitor já está inscrito junto à justiça eleitoral, necessitando apenas solicitar a segunda via do documento. Nestas situações, para emitir a segunda via do título de eleitor, o cidadão vai precisar levar os seguintes documentos: Carteira de identidade (RG); Certidão de nascimento ou casamento; De posse destes documentos, é só comparecer ao cartório e fazer o pedido da segunda via. No entanto, antes de procurar o Cartório, é extremamente aconselhável que vc faça uma pesquisa sobre a sua situação eleitoral, pois se tiver alguma pendência, ela deverá ser sanada antes de perdir a segunda via do título. Se você não sabe como fazer a pesquisa da sua situação eleitoral, mais abaixo vamos indicar como fazer.

Fique atento a todas as datas e ao calendário eleitoral para não ficar de fora e perder a oportunidade de contribuir com a democracia no país.

Se você está em dúvida sobre a sua situação eleitoral e quer fazer uma consulta de como se encontra os seus dados junto à Justiça Eleitoral, indicamos um artigo que explica exatamente como fazer a avaliação da sua condição eleitoral e se você está pendente de algum procedimento junto à Justiça Eleitoral do país.