Reforma e decoração de enxoval inteligente de banheiros

Os analistas afirmam que o pior já passou, e o mercado começa a ser aquecido, principalmente com a realização de grandes eventos do setor da arquitetura e decoração. Você resistiu à crise? Então mãos à obra, é hora de renovar seus ambientes. enter image description here

Para quem gosta de renovar, criar e transformar um ambiente, a decoração e o bom gosto te abre um leque de opções.

A arquiteta Fernanda Mancini, que atua em dupla com o também arquiteto Anderson Macedo, nos conta uma experiência pessoal e dá algumas dicas: “Quando aluguei a sala, onde se localiza o meu atual escritório, me deparei com um banheiro horrível. O revestimento cerâmico, apesar de ser de boa qualidade, era de um mau gosto terrível. O construtor fez uma péssima escolha ao optar pela cor amarelada e, para completar a escolha, optou novamente por louças em tom marrom claro."

O que fazer para não gastar tanto na reforma e no enxoval de um banheiro, evitando demolição, poeira e muita sujeira no local (principalmente em se tratando de um ambiente pequeno e não acolhedor)?

Vamos às dicas:

Uma idéia bacana é revestir o local com papel de parede vinílico e lavável ou em tecido acrílico.

Existem duas maneiras para realizar esse trabalho: A primeira delas é revestir as paredes com um painel em compensado de madeira, presos pelas laterais. Em seguida emassar com massa PVA, preenchendo todos os "pequenos" cantinhos. Continuando o procedimento, esse painel depois de seco (massa corrida) deverá ser lixado e limpo. Retirando todo e qualquer resíduo que se encontra no local. Em seguida poderá ser feita a colocação do tecido ou papel de parede.

Nesse caso o papel de parede ou o tecido não precisa ser específico, pois o painel em compensado funciona como uma parede lisa e não deixa o papel embolorar. Essa mão-de-obra precisa ser especializada e requer mais gastos.

A segunda opção é a escolha de um tecido acrílico, usado em áreas externas ou optar por um papel de parede vinílico e lavável. Primeiro temos que nivelar a parede com massa corrida PVA, preenchendo toda área de rejunte entre um revestimento cerâmico e o outro. Em seguida a superfície deverá ser lixada e receber duas demãos de tinta látex PVA, vedando toda a parede. A aplicação do material escolhido poderá ser feita em seguida.

Uma opção muito barata e que muitos já conhecem é a pintura com tinta epóxi em cima do revestimento cerâmico. Para curto prazo a idéia é interessante e barata, mas a longo prazo a tinta começa a ficar velha, desbotada e tende a descascar”, acrescenta Fernanda.

Com todas as dicas da dupla carioca, deve-se ter muito cuidado ao escolher o fornecedor, dando prioridade para os que garantam a qualidade do material. No mais é convidar os amigos e festejar a nova reforma!