Como ter um relacionamento saudável

Como ter um relacionamento saudável

Aqui no Fábrica São Paulo, estamos dedicados a ajudar todos a entender a diferença entre um relacionamento saudável e um não saudável.

Os relacionamentos saudáveis ​​são bons e o educam, enquanto os não saudáveis ​​não são ótimos e às vezes podem deixá-lo infeliz.

enter image description here

Embora grande parte do nosso conteúdo se concentre na definição de comportamentos prejudiciais, também queremos mostrar a você o que são relacionamentos saudáveis.

Todo mundo merece saber Como ter um relacionamento saudável e amoroso e, com a pessoa certa ao seu lado, um relacionamento saudável é completamente possível.

Se você quer se casar, aqui estão 5 elementos essenciais para ter um relacionamento saudável.

Então vamos ver as nossas dicas e saber Como ter um relacionamento saudável.

1. Comunicação

Você definitivamente ouviu o próprio clichê "comunicação é a chave". Mas aqui está a questão para saber Como ter um relacionamento saudável: é um clichê por uma razão.

A boa comunicação é um dos aspectos mais importantes para se ter um relacionamento saudável. Ao iniciar um novo relacionamento, é importante poder falar sobre o que você quer e espera.

Às vezes, isso significa ser honesto e ter conversas desconfortáveis, mas se você estiver em um relacionamento saudável, seu parceiro será receptivo e ouvirá (e você deve fazer o mesmo).

Estar na mesma página que seu parceiro percorre um longo caminho e se abrir para ele sobre o que está incomodando você, comprometer suas divergências e elogiar um ao outro é igualmente importante.

Embora a comunicação seja importante, os dois devem se sentir confortáveis ​​com a frequência com que conversam.

Se o seu parceiro precisa que você sempre responda imediatamente e envie uma mensagem de texto o dia inteiro, e você não quer isso, isso não é saudável.

Por outro lado, se seu parceiro está sempre ignorando seus textos e isso não faz você se sentir bem, isso também não é saudável.

É super importante encontrar um equilíbrio de comunicação com o qual você se sinta confortável.

2. Respeito

Ouvir o seu parceiro (como realmente ouvir, não apenas esperar para falar) e tentar entender a perspectiva dele é uma maneira essencial de mostrar respeito no seu relacionamento.

Mesmo se você não concordar com o próximo POTUS ou se você for o Team Kimye e o Team Taylor, respeite as escolhas e opiniões do seu parceiro.

Não tente convencê-los a mudar de idéia sobre coisas que são importantes para eles, como viajar para o exterior por um semestre ou para onde querem viver após a graduação.

Em um relacionamento saudável, ambos os parceiros terão respeito mútuo. Só porque você nem sempre olha nos olhos, isso não significa que uma pessoa precise mudar de idéia para que seu relacionamento funcione.

Outra maneira importante de estabelecer respeito em um relacionamento é considerar a privacidade e os limites do seu parceiro.

Você não tem o direito de saber tudo o que seu parceiro faz e todos com quem ele interage.

Também significa estar atento aos sentimentos do seu parceiro e não fazer coisas que possam realmente prejudicá-lo, como manter as coisas que deveriam ser privadas apenas entre vocês dois.

Ter um relacionamento saudável não é definido por conhecer os códigos de acesso um do outro e obter de coração rosa ao lado do nome no Snapchat.

Embora seja legal se você compartilhar essas coisas, relacionamentos saudáveis ​​exigem algum espaço e um filtro!

3. Limites

Todos temos limites pessoais sobre o que nos faz sentir bem, confortáveis, seguros etc.

Em um relacionamento saudável, você deve se sentir 100% à vontade em comunicar esses limites e saber que eles serão respeitados (e vice-versa para o seu parceiro).

Se você só quer sair três vezes por semana - tudo bem; se você quiser esperar antes de se tornar íntimo - totalmente legal; se você quiser manter sua noite de segunda-feira com os biffles - faça-o!

Lembre-se de que você não deve se sentir nervoso ou com medo de estabelecer limites pessoais em qualquer relacionamento.

E se você sente que seu parceiro ou amigo está usando limites para controlá-lo, como dizer para não sair com os amigos ou exigir que você compartilhe senhas, é hora de repensar o relacionamento!

Você pode ver também 12 dicas de como ter um relacionamento feliz.

4. Confiança

Este é um grande problema. Todos os relacionamentos saudáveis ​​exigem confiança mútua e desprotegida entre os parceiros.

Independentemente do que um ou outro parceiro tenha experimentado no passado, como um ex traidor ou o divórcio de um dos pais, em um relacionamento saudável, seu parceiro confiará em você completamente.

Lembre-se de que leva tempo para construir a confiança em um relacionamento (geralmente não acontece logo de cara!)

E que quando seu parceiro confia totalmente em seus sentimentos, você deve respeitá-los e não traí-los. Traí-los ou fazer coisas para deixá-los com ciúmes não é certo.

Por outro lado, se você não confia no seu parceiro, não deve estar com ele.

Nunca deixe seu parceiro usar sua falta de confiança ou experiências passadas como uma desculpa para controlá-lo, questioná-lo ou fazer com que você sinta que precisa sair do seu caminho para ganhar sua confiança.

5. Suporte

Uma das melhores coisas de estar em um relacionamento saudável é ter um parceiro solidário que você conhece.

Seja para você quando alguém diz algo de mau a seu respeito, ou para ser sempre aquela pedra em que você pode confiar, em um relacionamento saudável em que você e seu parceiro se apoiarão e se tratarão como iguais.

Seu parceiro não usará táticas para manipulá-lo, controlá-lo ou derrubá-lo. Eles serão protetores de você, mas não excessivamente possessivos.

Eles o incentivarão a passar tempo com amigos e familiares, trabalhar em direção a seus objetivos pessoais e ter uma vida fora do seu relacionamento.

Os parceiros de suporte sempre desejam o melhor para você e não impedem que você alcance seus sonhos. Em um relacionamento saudável,

Não precisa ganhar na loteria e ter muito dinheiro para ser feliz em um relacionamento, com pouco você também consegue ser muito feliz.

O que não é saudável?

Por fim, um relacionamento doentio é baseado em poder e controle, não em amor e respeito.

Se você sente que seu parceiro está usando táticas para controlá-lo, isso é uma grande bandeira vermelha e você deve conversar com alguém que possa ajudar.

Seu parceiro não precisa prejudicá-lo fisicamente para que seu relacionamento seja abusivo. Se seu relacionamento é ótimo na maioria das vezes, mas às vezes não é saudável, isso não é bom o suficiente.

Todo mundo merece estar em um relacionamento saudável e nunca há uma desculpa para abuso. Mesmo se houver histórico de doença mental, trapaça ou outras dificuldades, dentro ou fora do seu relacionamento atual, essas não são desculpas para comportamento abusivo.

Também é crucial saber que você não pode mudar seu parceiro. Se você estiver em um relacionamento abusivo, procure ajuda - não espere que seu parceiro mude.

Para mais exemplos de comportamentos de relacionamento vs insalubre saudáveis, confira o Couplets capítulo de nossa campanha #ThatsNotLove.

Iniciar uma conversa

A melhor maneira de ajudar um amigo, família ou ente querido é falar sobre isso. Use nossas conversas e este artigo para convencer as pessoas da sua vida.

Perdeu o desejo sexual no seu parceiro? Saiba como recuperar a libido!

Há quanto tempo você faz sexo? Perdeu o desejo sexual no seu parceiro? Se você tiver dificuldade em lembrar, pode estar passando por uma fase difícil no relacionamento. Saiba como recuperar a libido com as dicas mencionadas neste artigo. O que causa a perda de interesse sexual no relacionamento? O estresse, o excesso de preocupações e o ritmo de vida que levamos, juntamente com a falta de comunicação, podem contribuir para a perda do desejo sexual.

Se você está neste momento, deve conversar com seu parceiro. Para que exista comunicação, as conversas devem ser efetivas. “Há casais que dizem que falam muito, mas depois de dois minutos você percebe que eles não se entendem, não ouvem um ao outro e nem falam a mesma língua”.

Dicas para estimular a libido

1 – Melhore a comunicação com seu parceiro

Para melhorar a comunicação com o casal, há várias chaves que você pode incorporar ao conversar com seu parceiro.

Primeiro, mude o você para nós. Também é importante não ser insistente com o assunto , evitar censuras sobre eventos passados ​​e saber como escolher o momento de abordar o assunto.

Chaves para uma conversa eficiente: Fale claramente

Não tome nada como garantido sobre o que seu parceiro acha

Saiba como pedir perdão

Saber escutar

Não generalize as atitudes do casal

2- Mais estímulos A maioria dos casos de perda de apetite sexual está relacionada à falta de estímulos. Nesse sentido, devemos alimentar a inspiração e a fantasia através da leitura de um romance erótico, jogos com cheiros que lembram boas experiências, assistir a um filme erótico, usar brinquedos sexuais, gel para massagem, lingerie atraente, entre outros. Veja um exemplo de gel abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=kGBPO3X8wk4

3- Trabalhe sua auto-estima A falta de auto-estima é um fator de risco que aumenta a ocorrência de problemas sexuais e se inter-relaciona com a satisfação sexual, como exemplo, disfunção erétil.

Lembre-se que se o parceiro está com você é por uma razão, sinta-se especial e não perca um momento como este com que ama, por causa de insegurança. Se você é homem e tem autoestima baixa por causa do seu órgão genital por exemplo, veja como engrossar o pênis de forma natural para melhorar sua confiança.

Você pode procurar a ajuda de um psicólogo, caso não consiga reverter esse problema sozinho ou com a ajuda do parceiro.

4- Inove para encontrar as melhores sensações O sexo também é afetado pela rotina. Na vida dos casais, o ciclo de rotina geralmente leva à falta de apetite sexual. Por esta razão, devemos dar imaginação ao assunto e tentar coisas novas. Lembre-se de que a tecnologia foi adicionada a este mundo em brinquedos eróticos, por isso pode ser interessante incorporar novos elementos em nossa vida sexual que permitam, por exemplo, melhorar a estimulação do clitóris e experimentar novas sensações. Voce pode ver o vídeo abaixo também: